Dicas

Este espaço é uma contribuição nossa para que você tenha mais cuidados com o seu bem-estar. Estresse, colesterol alto e sedentarismo estão entre os principais inimigos do coração. Angina, infarto, arritimais cardíacas, insuficiência cardíaca e hipertensão arterial e endocardite infecciosa estão entre as principais doenças do coração. Ao surgimento de qualquer um dos sintomas um médico cardiologista deve ser procurado imediatamente. 

Angina

Doença arterial coronária, manifesta-se pela formação de placas de gordura nas artérias do coração que bloqueiam o fluxo de sangue forçando o músculo cardíaco fazer um esforço maior para bombar o sangue aos tecidos e órgãos.

Sintomas:

Os mesmos do infarto. O indivíduo sente aperto no peito que irradia para o braço esquerdo. É comum vir acompanhado de outros sintomas como falta de ar, sudorese, palidez e náuseas. Também pode manifestar dor no braço direito, mandíbula e pontadas de falta de ar.

Prevenção:

Dieta leve e sem colesterol, evitar fumar, a obesidade e o estresse, fazer avaliações periódicas.

Arritmias Cardíacas

Alterações no ritmo ou na freqüência dos batimentos cardíacos, que normalmente são de 60 a 100 batimentos por minuto (bpm). Taquicardia é quando o coração bate mais de 100 vezes por minuto; e na bradicardia, a freqüência fica abaixo de 60 bpm. Alterações devido a esforços físicos, no caso da taquicardia, são normais, mas se o quadro persiste ou acontece em repouso, é indicado consultar um médico.

Sintomas:

Podem não apresentar sintomas, no entanto, o mais comum é que quem apresente o quadro tenha palpitações, falta de ar ou dor no peito.

Prevenção:

Como as arritmias podem estar ligadas a outras enfermidades, é necessário receber tratamento adequado da doença de base. Evitar o fumo, o consumo de drogas, diminuir o álcool e a cafeína são medidas recomendáveis. Remédios para inibir apetite, remédios estimulantes, maconha e cocaína podem causar arritmias graves.

Endocardite Infecciosa

Camada interna do coração, o endocárdio faz parte das válvulas cardíacas, e a endocardite é uma infecção acomete, geralmente, pessoas com lesões no coração. Ocorre principalmente nas válvulas e podem ser encontradas também em qualquer parte do endocárdio. São provocadas pro microorganismos, como bactérias, fungos e microbactérias.

Sintomas:

Febres prolongadas, agravamento de doença cardíaca já existente, aumento do baço, alterações neurológicas, embolias arteriais ou pulmonares. O paciente poderá ter calafrios, suor noturno, falta de ar e dores, e pode perder peso.

Prevenção:

Evitar infecções de pele, como micoses, não usar drogas e procurar cuidados de profissionais que garantam assepsia nos casos de procedimentos invasivos como as cirurgias.

Infarto Agudo do Miocárdio

É a formação de placas de gordura nas artérias do coração. A gordura interrompe uma ou mais artérias, barrando o fluxo sanguíneo no músculo cardíaco e provoca o infarto. Dependendo do comprometimento do músculo cardíaco, pode ocasionar uma insuficiência cardíaca.

Sintomas:

Aperto no peito que irradia para o braço esquerdo, geralmente acompanhado por outro sintoma como falta de ar, sudorese, palidez, náuseas. A dor, intensa e prolongada, dura cerca de 20 minutos. Os sintomas também se manifestam de formas atípicas, como dor do braço direito, mandíbula, pontadas e apenas falta de ar sem desconforto.

Prevenção:

Reconhecer encaixa-se no grupo de risco e ficar atento, principalmente, a um novo sintoma, que geralmente surge com o esforço físico ou emocional. A partir dos 35 anos, deve-se fazer um check-up para medir o nível de colesterol e pressão, em especial. O médico fará avaliação e determinará se os controles terão de ser anuais ou bianuais. Evitar tabagismo, colesterol alto e obesidade são procedimentos essenciais para evitar o infarto. Em caso de diabetes e da hipertensão é importante manter alimentação saudável e prática regular de exercícios físicos. A chance de um infarto nos homens aumenta aos 55 anos; nas mulheres, aos 65 anos (a idade entre as mulheres é mais alta por causa da proteção dos hormônios). Isso não impede que uma pessoa mais jovem tenha infarto. É preciso ficar atento ao histórico familiar, sobretudo se pai ou mãe tiveram um ataque cardíaco quando jovens.

Insuficiência cardíaca

Dificuldade do coração em enviar sangue adequadamente ao organismo, causando deficiência generalizada de oxigenação nos diversos órgãos do corpo. Como o coração está afetado, o trabalho de bombeamento é prejudicado e causa retenção de líquidos no corpo, entre outros problemas.

Sintomas

A câmara cardíaca afetada (ventrículo direito ou esquerdo), determina a insuficiência cardíaca com maior comprometimento na região pulmonar. Isso pode ocasionar a falta de ar, cianose (extremidades de cor roxa devido a falta de oxigenação de sangue pelo pulmão) ou inchaço nas pernas ou na barriga pela dificuldade que o coração tem de  bombear o sangue. 

Prevenção

Levar uma vida saudável com atividade física regular e dieta com pouco sal e gorduras  mantém o peso corporal e pode evitar o aparecimento dessa doença do coração. Se a enfermidade é desencadeada por outra, o importante, também, é tratar adequadamente a doença de base. Quem tem hipertensão arterial, por exemplo, deve tentar manter os níveis da pressão normais com remédios, pois se a hipertensão não for tratada causa insuficiência cardíaca ao longo do tempo.

Hipertensão Arterial ou Pressão Alta

É um aumento da pressão dentro dos vasos sanguíneos, o que pode fazer com que o coração faça um esforço maior para bombar o sangue.

Sintomas

Não apresenta sintomas na maioria dos casos. Com a pressão arterial elevada, a pessoa pode sentir dores de cabeça, náuseas, tonturas e cansaço. Dependendo da causa, provoca palpitação, ansiedade, fraqueza e vômitos.

Prevenção

Adotar hábitos saudáveis como uma alimentação balanceada, com pouco sajl e gordura, maior quantidade de frutas e verduras, principalmente ricos em potássio. A  prática regular de exercícios físicos e o combate ao fumo ajudam na prevenção.

Consultas

Marque sua consulta com toda a praticidade que a Internet oferece. É simples e fácil. Clique abaixo e agende!

Marque

Atendimento On Line

Entre em contato com as nossas atendentes

informativo

Incor - Instituto do Coração de Natal
Rua São José, 1979, Lagoa Nova - Natal/RN
contato@incornatal.com.br / (84) 3204-0700

maxmeio